fevereiro 16, 2005

GUGU DÁDÁ

Tenho tido diversas reuniões de trabalho, onde a conversa acaba sempre por parar na falta de profissionalismo da equipa de atendimento ( call-center) .Costumamos sentir-nos mães e pais da criançada ou meros educadores de infância em pleno pré-escolar.

Saí há bocado do infantário onde tenho os miúdos e ao entrar no carro deu-me um daqueles momentos de reflexão.

Tendo em conta a realidade a que assisto no trabalho, não é de estranhar que qualquer dia passe a entregar as criancinhas aos papás, dizer que comeu bem, fez dois chi-chis, um cocó e disse mamã.

5 Comments:

Blogger MIN said...

Sofes, lembra-me de comprar mais chuchas. A criançada está a fazer mito barulho!

11:49 da manhã  
Blogger Ideiafixe said...

Por vezes essas "crianças" são mais difíceis de aturar que as nossas!

Paciência!

12:13 da tarde  
Blogger T? said...

Call Center, k saudades...
Havia umas "criancinhas" bem crescidas, ó se havia!
;)

12:40 da tarde  
Blogger sofiabranco said...

MIN - Já lhes pus o DVD dos tubbies. Parece que acalmaram.


Ideiafixe - tens toda a razão.EM casa sabemos bem como lidar com as nossas. Aqui é mais complicado. Não há tau-taus nem castigos.


Terapia - aqui é mais crescidas em tamanho. Porque de cabeça só mesmo para picotagem, colagem e legos.

beijos
***

10:05 da manhã  
Blogger T? said...

Desde k saibam a diferença entre lego e... ;))

12:41 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home